Carlos Carreto

Carlos Fonseca Clamote Carreto é Professor Associado da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, onde desempenha atualmente as funções de coordenador executivo do Departamento de Línguas, Culturas e Literaturas Modernas e de subcoordenador científico do IELT (Instituto de Estudos de Literatura e Tradição). Os seus principais campos de lecionação e de investigação incidem sobre as áreas de Literatura Medieval, Teoria da Literatura e Estudos sobre o Imaginário. Para além de investigador integrado e subcoordenador científico do IELT, é também membro colaborador do Instituto de Estudos Medievais (NOVA FCSH) e investigador associado do LITT&ARTS (Université Grenoble-Alpes). Membro fundador e membro permanente da comissão de redação da revista interdisciplinar luso-francesa Sigila e codirector dos Cadernos do CEIL. Revista Multidisciplinar de Estudos sobre o Imaginário, as suas publicações têm incidido sobre as relações dinâmicas entre Tradição, Mito e Literatura, questionando a forma como o imaginário cultural e ideológico dos séculos xii e xiii moldou as conceções, representações e práticas da narrativa desenvolvidas durante esse período.

Carlos Fonseca Clamote Carreto is Associate Professor at the Faculty of Social Sciences and Humanities at Universidade Nova de Lisboa, where he currently holds the position of Executive Coordinator of the Department of Languages, Cultures and Modern Literatures and scientific sub-coordinator of the IELT (Institute of Literature and Tradition Studies). His main fields of teaching and research focus on the areas of Medieval Literature, Theory of Literature and Studies on the Imaginary. He is also an associate member of the Institute for Medieval Studies (NOVA FCSH) and an associate researcher at LITT & ARTS (Université Grenoble-Alpes). Founding and permanent member of the editorial committee of the Portuguese-French interdisciplinary journal Sigila and codirector of Cadernos do CEIL. Revista Multidisciplinar de Estudos sobre o Imaginário, his publications have focused on the dynamic relations between Tradition, Myth and Literature, questioning how the cultural and ideological imaginaries of the 12th and 13th centuries shaped the conceptions, representations and practices of the fictional narrative developed during this period.