José Carlos Seabra Pereira

 

José Carlos Seabra Pereira é doutor pelas universidades de Poitiers e de Coimbra, professor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e da Universidade Católica Portuguesa. Investiga e lecciona nas áreas de Teoria Literária e Literatura Portuguesa Moderna, de Estudos Camonianos e de Estudos Pessoanos (cadeira que criou na Universidade de Coimbra). É atualmente o coordenador científico do Centro Interuniversitário de Estudos Camonianos (CIEC), presidente do Conselho Científico Internacional do IEAC-GO (Instituto de Estudos Avançados sobre Catolicismo e Globalização) e diretor da revista Estudos (CADC). Autor de três dezenas de obras e centenas de ensaios e conferências (sobretudo sobre decadentismo, simbolismo, neorromantismo e modernismo), obteve o Prémio Nacional de Ensaio 2015, da SPA, com o livro Aquilino a escrita vital,  e o Grande Prémio de Ensaio 2016, da APE, com o livro O Delta Literário de Macau. Foi membro do Conselho Geral da Universidade de Coimbra e do Conselho Científico da FLUC; presidiu à Comissão Científica do Grupo de Estudos Românicos.  Membro do Conselho de Patronos da Fundação Arpad Szenes/ Vieira da Silva, do Conselho Administrativo da Fundação Inês de Castro, do Conselho Editorial da Babel, do Conselho Redatorial da Brotéria, etc. Integra o júri do Grande Prémio Leya, do Prémio Vasco Graça Moura – Cidadania Cultural, etc.; integrou o júri do Prémio Camões e de vários Prémios da APE e de outras instituições. Presidiu à direção do Centro Académico de Democracia Cristã (CADC); é o atual diretor do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura.