Carlos Leite

Carlos Leite é natural de Lisboa, onde nasceu em 1978. É licenciado em História pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e mestre em História Medieval pela mesma Faculdade. Embora a sua área de formação seja a Idade Média, os seus campos de interesse e de investigação abrangem outros períodos, realçando-se, entre outras, as temáticas ligadas à Demografia, Escravatura e Inquisição, com particular incidência sobre documentação referente a catálogos de casas particulares, inventários, livros de registo de óbitos e Testamentos. Nos últimos anos, tem-se dedicado ao estudo da história local da região de Sintra, nomeadamente nas regiões de Agualva e Rio de Mouro (onde executou o levantamento de documentação histórica desde o séc. xii até ao séc. xxi) e Meleças (localidade que serviu como ponto de partida para a sua tese de mestrado, sobre o Património do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra na região). É autor de alguns artigos na imprensa local (região de Sintra), tem participado em diversos eventos, ganhando particular destaque o V Encontro de História de Sintra (Sintra, 2016), o Ciclo de Conferências sobre a História de Agualva – Cacém (Agualva-Cacém, 2017), o Congresso Internacional O Tempo de D. Miguel, 1828-1834 (Lisboa, 2018) e a Conferência Internacional Judeus de Portugal e a Diáspora Judaica Luso-Espanhola (Porto, 2018).