Ricardo Gil Soeiro

 

Ricardo Gil Soeiro é poeta e ensaísta. Doutorado em Estudos Literários pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde é investigador do Centro de Estudos Comparatistas, desenvolvendo pesquisa sobre literatura comparada, teoria da literatura, estudos de memória e estudos pós-humanistas. Organizou e traduziu o volume As Artes do Sentido, de George Steiner (Relógio D’Água, 2017), traduziu Confissões e Anátemas, de Emil Cioran, e co-editou o livro Paul Celan: Da Ética do Silêncio à Poética do Encontro (2014). Publicou os seguintes livros de ensaio: O Pensamento Tornado Dança (2009), Gramática da Esperança (2009) e, mais recentemente, The Wounds of Possibility. Essays on George Steiner (2012) e Poéticas da Incompletude (2017). Em 2012 veio a lume L’apprendista di enigmi, uma antologia poética traduzida para o italiano. Com Iminência do Encontro foi galardoado com o Prémio PEN Clube Português – Primeira Obra 2010. Com o livro A Sabedoria da Incerteza foi finalista do Prémio PEN de Ensaio 2016. Com o livro Palimpsesto foi finalista do Prémio Autores 2017-SPA, na categoria de Literatura – Melhor Livro de Poesia. Com o livro A Rosa de Paracelso foi finalista do Grande Prémio de Literatura DST 2018.